segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

Lendas e costumes urbanos.Um estudo aprofundado

Hoje Dr Fábio apresenta perante a mesa de avaliação de "Mais-Que-Doutorado" mas antes de apresentar minhas teses quero esclarecer uma coisa.Não interessa qual graduação eu receba eu ainda quero o titúlo de Dr! Na verdade mudarei meu nome para Doutorfábio td junto mesmo.
Fusca Azul

Ao avistar um fusca Azul os praticantes urbanos da urbes gritam em regojizo "Fusca Azul!" e socam todos ao seu redor.
Esta prática pagã está ligada a boa sorte, afinal se você avistar primeiro não é socado, logo, tem sorte.
Esta brincadeira evoluiu ao ponto que imagens, desenhos e miniaturas de fuscas azuis também contam pra socar as pessoas.

Loira do banheiro

A loira do banheiro supostamente é uma adolescente loira que pode ser invocada em banheiros de escola(Aparentemente a taxa de morte entre loiras em banheiro de escola é alta pois há uma loira do banheiro a ser invocada em qualquer banheiro de escola).
Apesar desta história ter causado o surto de prisão de ventre do carnaval de 72 entre loiras estudantes ela é ainda muito popular.
Se você a invocar(Chutando a privada,falando palavrão ou comendo nachos) ela aparecerá e te dará uma morte horrivelmente horrível e horrificante.

Esta história serve de pretexto para quartoanistas levarem garotinhas incautas pra ver a loira do banheiro e acabar mostrando o peru de natal.


Arroto-Tapa
Está prática cristã nasceu durante a catequisação dos povos indo-arianos na somália, ao tentar cristianizar a horrível prática do arroto.Os jesuítas davam um tapa na testa dos indo-arianos somálios para reprimir tão vil comportamento.
Para se vingar os indo-arianos da somália colocaram chifres nas testas e ao receberem os tapas feriam os seus jesuítas.
Depois disso a brincadeira se inverteu, e quem arrotava estapeava todos(na sua maioria jesuítas) e qualquer um sem chifre.
Hoje fazemos isso simbolizando o chifre com a mão e arrotando o doce aroma de mortadela na cara incauta de quem em seguida estapearemos.

Termino aqui minha apresentação para a mesa e deixo um pensamento:
"Mulher feia é que nem pão com manteiga caindo no chão, vc só come se não tiver ninguém olhando" (PS: Passei uns 10 minutos tentando achar uma metáfora pra pão com manteiga)

Um comentário:

Bruno/K-2 disse...

Mais um post baseado em intensas pesquisas e estudas da sociedade moderna por Sir Doutorfábio da Silva -q